PRINCIPAIS PARTIDOS POLÍTICOS DA GUINÉ-BISSAU SAÚDAM O “CONTRIBUTO DO PCCh PARA A PAZ E ESTABILIDADE NO MUNDO.”

PARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os principais partidos políticos na Guiné-Bissau, com assento parlamentar, nomeadamente: o Partido Africano de Independência da Guiné e Cabo-Verde, (PAIGC), Movimento para Alternância Democrática, (MADEM G-15), Partido da Renovação Social, (PRS) e Assembleia do Povo Unido, Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB) saudaram esta sexta-feira(04.11) o papel do Partido Comunista da China, (PCCh) na “pacificação e estabilidade do mundo.”

A posição foi manifestada na embaixada da China em Bissau, durante a  apresentação do relatório do 20° Congresso Nacional do PCCh, na presença dos partidos políticos, jornalistas e sociedade civil guineense.

“A reeleição do presidente da China e, igualmente Secretário geral do PCCh,  Xi Jinping vai contribuir mais  para a paz e estabilidade no mundo”, frisou Tomas Gomes Barbosa, Secretário Nacional Adjunto do (MADEM G-15).

Tomás Barbosa sublinhou as relações históricas entre a Guiné-Bissau e China e afirmou que “a China foi sempre um amigo da Guiné-Bissau”, lembrou o Secretário Nacional Adjunto da segunda força política na Guiné Bissau.

Na mesma linha, o Secretário Nacional do PAIGC,  Aly Hijazi reiterou apoio total do seu  partido as resoluções decorrentes do 20° Congresso do PCCh, “este congresso do PCCh é um marco importante para o mundo”, e “apoiamos  as reformas levadas a cabo pelo  PCCh e a sua linha ideológica”.

“Xi Jinping   tem preconizada uma liderança esclarecida” sublinhou o Secretário Nacional do PAIGC, principal força política na Guiné-Bissau.

Também, o Secretário geral do PRS, Carlitos Barai elogiou o papel do partido PCCh para o desenvolvimento e modernização da Guiné- Bissau.
<span;>”Reafirmamos o nosso apoio e a fidelidade aos princípios e valores do PCCh”, enfatizou Carlitos Barai, sublinhando vários projectos desenvolvido pela China durante os sucessivos governo do PRS.

“A China registou um desenvolvimento rápido através da sabia liderança do PCCh”, disse Secretário geral do PRS, terceira força política na Guiné-Bissau.

Igualmente, o vice-presidente do APU-PDGB, Augusto Gomes enalteceu  papel do PCCh para o bem estar dos povos, particularmente, o nosso povo, reconhece apoio da China para a independência da Guiné-Bissau.

“A governança chinesa deve servir do modelo ao mundo e, devemos reforçar e consolidar cada vez mais as relações entre os nossos países”, disse Augusto Gomes, Vice presidente da quarta maior força política do país.
Na ocasião, o embaixador da China na Guiné-Bissau, Guo Ce reafirmou a continuidade do apoio do seu país.

“O PCCh continuará a apoiar os países em desenvolvimento para assegurar a justiça e “interesse deste países” no âmbito de FOCAC, Guo Ce garantiu que, a continuará ajudar a Guiné Bissau no alívio da pobreza.

REDAÇÃO/RDN

PARTILHE:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Este site usa cookies para assegurar uma melhor experiência de navegação.